Vacinação contra influenza em crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer

Crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer devem ou não tomar a vacina contra a gripe?

Segundo a infectologista pediátrica do Hospital do GRAACC, Dra Fabianne Carlesse, é muito importante a prevenção contra o influenza. Principalmente nessa época do ano, uma vez que existe uma maior circulação do vírus. A vacina pode ser utilizada pelos pacientes em tratamento oncológico, desde que liberada pelo médico do paciente.

“A vacina não causa resfriado ou gripe, porque é elaborada a partir de vírus morto. Entretanto exige que o sistema imunológico responda ao estímulo. Portanto, dependendo da fase do tratamento que o paciente se encontra é liberado ou não para receber a imunização”, explica a médica.

A recomendação é que a imunização aconteça antes do início do tratamento quimioterápico ou radioterápico. Em tempos de pandemia, deve-se evitar aglomeração nos postos de saúde. “Tente agendar ou ir em um horário de pouco movimento”, orienta.

É  MUITO importante também que cuidadores e todos que tenham acesso ao cuidado da criança tomem a vacina. Desse modo,  diminuirá a chance do paciente ter contato com o vírus. A exceção para a imunização contra influenza é para pacientes com alergia às proteínas do ovo e os que estão em tratamento de imunoterapia.

“Alguns imunoterápicos em contato com a vacina podem provocar efeitos colaterais no paciente. Nestes casos é preciso avaliar com o médico a melhor conduta”, explica a infectologista do GRAACC.


Compartilhe:

Lei Geral de Proteção de Dados

Saiba o que o GRAACC já está fazendo em relação à LGPD

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA SIMPÓSIO DE MEDICINA INTEGRATIVA

O evento abordará o impacto de práticas como homeopatia, cromoterapia, acupuntura, yoga e meditação no...

Doações para o GRAACC

Saiba como realizar sua doação de forma segura e ajudar com o tratamento de nossos...