Embora seja raro entre crianças e adolescentes, o câncer é a principal causa de morte por doença na população de 0 a 18 anos, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA).

Diferente dos adultos, o câncer infantojuvenil não é causado por fatores externos do meio ambiente ou maus hábitos.  Desse modo, não existe prevenção. Por isso,  o diagnóstico precoce é a melhor forma de combater a doença e, assim, aumentar significantemente as chances de cura.

Os principais sinais e sintomas da doença são:

 

Atualmente, os métodos utilizados no tratamento do câncer infantil realizados no Hospital do Graacc garantem altos índices de cura, perto de 70%. Mas, para se chegar nesse patamar, é fundamental o diagnóstico precoce.

Muitos dos sintomas são semelhantes aos de várias doenças infantis comuns. No entanto, se eles não desaparecerem em um prazo de 7 a 10 dias, é preciso voltar ao médico e insistir para obter um diagnóstico mais detalhado com exames laboratoriais ou radiológicos.


Compartilhe:

A cura do câncer infantil pelo diagnóstico precoce

O diagnóstico precoce é fundamental para aumentar as chances de cura do câncer infantil

I Webinar Científico GRAACC

Acompanhe todo o conteúdo do evento realizado com a equipe médica do Hospital do GRAACC

III Webinar Científico GRAACC

“Leucemias agudas na infância: como identificar e o que fazer?” é o tema do próximo...